Bisfenol-A: tudo o que você precisa saber

00

Para quem nos acompanha nas mídias sociais e não conhece a toxina, já deve ter se perguntado quando divulgamos produtos Bisphenol-Free (livre de bisfenol-A) ou livre de toxinas. Este post é para esclarecer as principais dúvidas que, até então, nem a gente aqui tinha total conhecimento.

O Bisfenol-A (BPA) é um composto químico que serve para fabricação de plásticos rígidos e transparentes. Ou seja, é facilmente encontrado em recipientes de alimentos e bebidas, como mamadeiras, embalagens plásticas, copos infantis e, pasmem, até na parte interna de enlatados, garrafas reutilizáveis de água (squeeze) e garrafões de água mineral.

E qual o problema?!

É sempre essa a pergunta, até porque já não é novidade que tudo que usamos tem substâncias químicas e tal… Bem, o BPA é um desregulador endócrino, isto é, uma substância química semelhante a um hormônio que promove alterações no Sistema Endócrino Humano. Apresenta uma estrutura semelhante ao dietilestilbestrol (estrógeno sintético) e tem efeitos sobre mudanças de comportamento, alteração do crescimento infantil e maturação sexual precoce.

Tem mais! Estudos científicos têm encontrado efeitos notáveis da exposição perinatal do BPA, que incluem:

  • Alterações no desenvolvimento da próstata e da glândula mamária;
  • Hiperplasia intraductal e lesões pré-neoplásicas da glândula mamária na idade adulta;
  • Alterações no útero e ovário;
  • Alterações ligadas ao dimorfismo sexual no adulto;
  • Alterações de comportamento, como hiperatividade e aumento de agressividade;
  • Alterações no comportamento sexual;
  • Aumento da susceptibilidade ao vício de drogas.

Embora os riscos inerentes à exposição ao BPA sejam no desenvolvimento fetal, bebês, crianças e mulheres grávidas, há também uma grande preocupação com os efeitos dessa substância em adultos. Pasmem, mas a danada pode estar relacionada com doença cardiovascular, diabetes, obesidade e disfunção hepática.

Regulamentação

Símbolo Oficial de Plástico Livre de Bisfenol.

No Brasil, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) limita o uso da substância em 0,6 mg para cada quilo de embalagem. Já na União Europeia está proibida a fabricação de mamadeiras com o bisfenol-A.

Atualmente, ainda não há um consenso sobre a recomendação no uso desta substância, por isso, é preciso estar atento, tanto quando for comprar um produto plástico, quanto em sua reutilização, conservação e descarte.

 

Principais atitudes de prevenção

Em primeiro ponto, é importante saber que o barato sai caro. Não há exceção a essa regra. A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda preferir recipientes de vidro, aço e porcelana, mas, cá entre nós, imagina você comprando uma garrafinha d’água de vidro, ou, pior, uma mamadeira feita de porcelana…

Produtos livres de BPA tem um símbolo próprio, o problema é que não há nenhuma marca no mercado nacional que esteja dentro das normas que banem a substância.

Sabe aqueles potinhos plásticos de R$1,99?! Pois é, não compre! Não reutilize embalagens de margarina e sorvete para conservar seus alimentos. Evite levar recipientes plásticos ao microondas e ao freezer, isso faz liberar mais facilmente o bisfenol nos alimentos.

Nunca, em hipótese alguma, beba água naquela garrafinha esquecida no carro! O plástico de embalagens descartáveis são descartáveis por algum motivo, não é?! Quando expostas ao sol, simplesmente transformam a água em uma solução venenosa…

Lembra que, no início desta publicação, dissemos que latinhas também têm BPA?! Por isso, transfira as sobras dos enlatados para um recipiente confiável.

A imagem abaixo apresenta os tipos de plásticos encontrados no mercado. Para quem quiser saber mais é só clicar aqui. O que podemos dizer é que produtos com os símbolos de número 3 e 5 são mais seguros.

Dê preferência a embalagens com os símbolos 3 e 5.

Nós cuidamos disso pra você!

Pensando no bem-estar de todos, a Casanova Enxovais só vende produtos consideráveis como seguros. Marcas nacionais, como Coza e Brinox, e importadas, como Lol Utilidades e Mart Collection, além de design inovador, cores vibrantes e tecnologia de ponta, possuem a garantia de segurança do InMetro. Nós confiamos nelas e você pode confiar na gente!

Dica Casanova:

Não recomendamos a mudança brusca de temperatura seja lá qual for o nível de segurança do produto. Até porque, ainda não há uma regra clara sobre a introdução da toxina na fabricação de produtos plásticos.

*Esta publicação é uma adaptação de sites como:

http://www.nutritotal.com.br/

http://super.abril.com.br/blogs/ideias-verdes/entenda-os-simbolos-de-reciclagem-de-plastico/

http://www.gazetadopovo.com.br/

 

Anúncios

Brigadeiro proibido para menores!

brigadeiro

Que a cachaça é um dos maiores símbolos do Brasil, ninguém duvida. A bebida, além de representar um pouco da história do nosso país, também é o principal ingrediente de um drinque nacional que é famoso no mundo inteiro: a caipirinha!

A famosa caipirinha brasileira.

Assim como acontece com a cachaça, também há algumas teorias sobre a origem da caipirinha. A mais conhecida diz que o drink nasceu como remédio.  Uma mistura feita com limão, alho, mel e cachaça era servida aos doentes, especialmente aos que haviam contraído a gripe espanhola. Até que, segundo especulações, um belo dia alguém resolveu tirar o alho e o mel. Dali foi um pulinho para a invenção da caipirinha como a conhecemos hoje. O açúcar foi acrescentado para suavizar a acidez do limão, enquanto que o gelo era uma maneira de amenizar o calor do nosso verão tropical.

O gelo veio para refrescar no calor do verão brasileiro. O copo é da Linha 506 Twist da Oxford Crystal.

Como a receita de caipirinha tradicional todo mundo já conhece, vamos apostar em uma mistura diferente: Brigadeiro de Caipirinha! Sim, juntaram essas duas maravilhas brasileiras numa receita de arrasar. Anota aí:

Ingredientes

  • 20 gramas de manteiga com sal
  • 395 gramas de leite condensado
  • 50ml de cachaça envelhecida
  • Açúcar cristal (esse açúcar lembra o gelo triturado da caipirinha)
  • Raspas de limão para decorar

Modo de preparo

  1. Comece colocando o leite condensado numa panela no fogo. Acrescente a manteiga e mexa sempre mantendo o fogo baixo até que dê o ponto.
  2. Tire do fogo e acrescente a cachaça.
  3. Coloque a panela de volta ao fogo e espere até que atinja o ponto.
  4. Depois disso, você deverá colocar o resultado da panela numa placa untada, deixe esfriar.
  5. Unte as suas mãos com manteiga, boleie e faça os brigadeiros.
  6. Passe no açúcar cristal e depois nas raspas de limão para decorar.

Depois que o brigadeiro fica pronto, é só se deliciar. Essa receitinha a gente encontrou nesse site: http://blog.oxfordporcelanas.com.br/brigs-de-caipirinha/

Testamos: 7 coisas para lavar na máquina

maquina

Limpeza e praticidade são duas coisas que sempre vão bem juntas – ainda mais quando se encaixam no seu dia a dia. Estamos falando de travesseiros, mochilas, tapetes e outros itens de higienização esporádica que morremos de preguiça de limpar e vivemos esquecendo. Foi pensando nisso que simplificamos a check list de limpeza com estas sete coisas que você pode lavar na máquina e não fazia a menor ideia.

1. Travesseiros

O ideal é limpá-los a cada seis meses para evitar mofo, bactérias e odores. A maior parte dos travesseiros pode ser lavada na máquina, mas é sempre bom se certificar. Em nossa loja, todos travesseiros são laváveis em máquina! 😉

2. Mochilas

As mais fáceis são as mochilas de tecido, mas confira as etiquetas para ter certeza se pode lavá-la na máquina. A dica aqui é testar antes para ver se a tinta não vai soltar e manchar outras peças. Dica: não esqueça de esvaziar os bolsos e colocá-la na máquina virada do avesso.

3. Cortina de chuveiro

Vinil, nylon, algodão e forro de cânhamo aceitam lavagem na máquina e o indicado é que isso seja feito a cada virada de estação. Lave com água quente e pendure para secar (não use a secadora!).

4. Brinquedos

Não recomendado para pelúcias, os brinquedos mais moles podem ser higienizados na máquina sim, contanto que não haja muitos apliques e penduricalhos. Na dúvida, coloque na opção “Delicado”.

5. Acessórios esportivos

Esta dica funciona para todos os acessórios de tecido: tênis, luvas, joelheiras, cotoveleiras, caneleiras, tipoias e mais. Antes de colocá-los na máquina, é bom fechar os zíperes e velcros, se houver. Use água morna.

6. Tapetes

Depende muito do material (cheque as etiquetas!), mas é provável que você consiga adicionar tapetes na lista de roupas para lavar — principalmente se eles forem pequenos.

7. Cama de pet

O primeiro passo é se certificar de que a almofada pode ser lavada na máquina. Separe o forro e a almofada e higienize sem misturar outras roupas e itens.

Agora conte, tem mais alguma coisa que você lava na máquina?! Gostou de nossas dicas?! Comente aí, compartilhe e venha nos visitar.

Decorar agora ficou mais fácil!

mart

Sumimos, eu sei, mas voltamos com uma novidade muito legal, nossa sessão de Decor aumentou! Uhuul!!! \o/

Conhece a Mart Collection?! Desde 2010 no mercado brasileiro, ela é referência em decoração e utilidades domésticas, com itens vendidos nas principais lojas de todo o país e, óbvio, não poderia faltar por aqui, né não?!

Peças de jantar que vão transformar todas as suas refeições!

A empresa possui uma linha completa para diversos ambientes, com design superior e qualidade. Acompanhando as tendências de mercado, a Mart busca apresentar produtos exclusivos, destinados a todos que apreciem formas ousadas e modernas, praticidade e sofisticação, sempre empenhada em agregar valor aos seus produtos.

Porta-retratos, painéis e imãs de geladeira para eternizar momentos!

Como nosso objetivo é deixar a casa mais charmosa e agradável, Mart Collection não poderia faltar para te ajudar a receber com estilo e tornar todas as refeições especiais.

Quem procura qualidade, praticidade, eficiência e design vai se encantar com a Mart. Todos os itens possuem embalagem que destacam e os valorizam no ponto de venda e agradam tanto para consumo próprio quanto para presentear.

Venha conhecer os novos produtos! Aproveite para garantir o presente da sua mãe.

 

Alerta de decoração: ouro inxalá!

dourado

Antes que já vá julgando, achando essa coisa de dourado em ambientes over, vou logo avisando que são apenas detalhes, ou não [depende da personalidade de quem mora na casa]! Então vamos lá!

O dourado é um tom curinga: vai bem ao lado de várias cores e dá um toque de sofisticação a qualquer ambiente – mesmo quando está presente somente em acessórios e detalhes. Nestes ambientes a seguir (são quartos, banheiros, lavabos, salas, cozinhas e área externa), o dourado dá brilho a qualquer cantinho sem graça. Confira as fotos e inspire-se!

Na área externa, o dourado também valoriza os pequenos objetos, como vasos e lampiões
Que tal incrementar logo da entrada de sua casa?! 
Na Casa Cor 2006, o Living de Roberto Migotto recebeu uma mesa dourada
Para os mais conservadores, uma simples mesa de canto, um aparador, com o tom do momento já transforma o ambiente!
Você pode arriscar mais e combinar o dourado com peças brilhantes, como esse sofá vernizado.
Neste ambiente, o contraste fica por conta do preto, branco e dourado
Quer sofisticação nível máximo? Preto e dourado.
Tons sóbrios e neutros, como o mármore, o preto e a madeira, são evidenciados pelo uso do dourado nas banquetas e luminárias
E no bar/balcão da cozinha pode?! Pode sim!!! Olha que legal esses bancos!
Esta cozinha apostou no dourado para revestir todos os armários e complementar a atmosfera de luxo com o mármore, presente no piso, bancada e parede
Cansou dos armários brancos?! Dourado neles!!!
Tijolos brancos e base do mesmo tom valorizam a madeira e os metálicos: o dourado cobre puxadores e sustenta a prateleira
Notou como um detalhe faz toda a diferença?
Na frente de janelões, as camas deste quarto de hóspede são cheias de detalhes dourados e complementam o decór
Discretamente douradas, as camas vintage dão um ar royal ao quarto.
O quarto de Haven, filha caçula da atriz e empresária Jessica Alba, tem estilo romântico e detalhes dourados
Sua filha adolescente quer um dorcel? 
Dentro do box, paredes com listras pretas e brancas e chuveiro dourado. Bem chique
Mais chique que preto e dourado, é preto e branco com dourado! ❤ 
De estilo retrô clássico, este banheiro conta com pia de porcelana, parede azulejada e detalhes dourados
Lavabo com estilo provincial! Muito amor envolvido!
Sofisticado, este lavabo apostou no preto, em todos os revestimentos, e no dourado. Puro glamour
Dispensa qualquer comentário!

Gostou?! Acha que dá para tentar? Então corra para a loja de material de construção mais próxima de você e só volte com uma tinta óleo dourada metalizada super maravilha e demais materiais que o moço te indicar e se joga no ouro que você é linda, rika e phina!!!!

Biscoito de Leite Moça

biscoito

Da série “Cozinha para iniciantes”, a receita de hoje é quase uma ofensa! Você que sempre comeu aqueles biscoitos incríveis que vem nos cafezinhos chiques da vida e sempre imaginou que nunca realizaria o sonho de comer mil deles [porque, afinal de contas, só vem um no pires…], seus problemas acabaram. #ObrigadaDeNada

Ingredientes

500g de amido de milho

1 lata de leite condensado

200g de manteiga com sal

Preparo

É só misturar tudo, sovar bem e colocar  forno médio (+ ou – 160º) aproximadamente por 30 minutos. A massa fica bem lisinha e fácil de modelar.

*Segredinho:Pra ficar mais macio o ideal é tirar antes de dourar o fundo porque ele seca um pouco quando esfria, então se assar demais vai ficar duro quando esfriar

Tirar manchas: você está fazendo isso errado!

Sem título

Nossa primeira reação quando algo mancha a roupa é colocar a peça imediatamente embaixo da torneira, certo? Errado! Quando a gente molha o tecido pode fazer com que algumas substâncias acabem manchando e se fixando ainda mais.

Remova manchas antes de molhar

Para começar, absorva qualquer resíduo com um guardanapo ou papel absorvente. Não esfregue, apenas “carimbe” o tecido com o papel o mais rápido possível. Evite também espalhar mais a substância.

Se a mancha for de molho, como de tomate: aplique detergente neutro e esfregue com uma escovinha sem molhar.

Se a mancha for de azeite: cubra o local com amido de milho, talco ou farinha de trigo e deixe descansar por, pelo menos, seis horas.

Se a mancha for de café: esfregue gelo até eliminar qualquer resquício. Inclusive, em sapatos de camurça.

Depois, leve normalmente, esfregando levemente o local com um detergente neutro e uma escovinha, se preferir. Caso a mancha seja persistente, cubra o local com bicarbonato de sódio e depois adicione vinagre branco por cima. Lave normalmente.

Se você fez as tentativas de limpeza e depois, que a peça sair da máquina de lavar, você ainda perceber que há resquício de mancha, volte a fazer os procedimentos. Nunca passe a roupa com ferro se ela estiver suja, pois isso pode deixar as manchas mais resistentes.

Este lagarto é só pressão!

lagarto

Essa mudança repentina no clima faz a gente ficar nostálgica com os pratos mais apetitosos, né verdade?! Mas, apesar da chuva, ninguém quer ficar uma vida na cozinha para poder apresentar um prato desse. Pensando nisso, sugiro que pegue a sua panela de pressão, aquele vinho no fundo do armário e manos a la obra!

Ingredientes 

. 1 peça de lagarto com 1,5 kg limpo
. 2 xícaras (chá) de vinho tinto
. 2 dentes de alho picados
. 1 pimenta dedo-de-moça sem sementes picada
. 2 tabletes de caldo de carne
. 2 folhas de louro
Legumes
. 12 minicenouras
. 6 minichuchus
. 6 miniabobrinhas
. 6 minibatatas
. 3 colheres (sopa) de manteiga
. 1 colher (sopa) de óleo
. Sal e salsa picada a gosto para polvilhar

Modo de preparo

Coloque a carne em um saco plástico próprio para alimentos e junte todos os temperos. Feche bem o saco, ponha em uma assadeira e leve à geladeira por uma noite.

Retire do saco e transfira para uma panela de pressão com o tempero. Deixe ferver em fogo alto. Abaixe a chama, tampe a panela e cozinhe por 30 minutos. Retire do fogo e aguarde a saída do vapor para abrir a panela. Retire a carne e fatie.

Legumes
Cozinhe os legumes no vapor. Aqueça a manteiga com o óleo, junte os legumes e tempere com sal. Refogue por três minutos. Polvilhe a salsa e sirva com a carne fatiada.

Dica: junte ao tempero da carne alecrim.

 

10 ideias de estilo para sua casa

estilo casa

Há algum tempo, eu dei de cara com umas fotos de um apartamento/kitnet super modernete e com uma pegada de bossa. Na época, achei super ousado, mas, como o tempo passa, hoje em dia são detalhes super em alta por aqui nas terras tupiniquins e, por isso, decidi fazer esse post para te inspirar.

1. Vista a parede com muitos quadros: Uma parede repleta de quadros está super em alta. Com tamanhos e molduras diferentes, use fotos, cartões postais, ingressos de shows, pulseiras VIPs e outras coisas que te tragam boas recordações. Inspire-se!

apartamento lindo16

2. O cinza, ahhh- o cinza: O cinza é o novo bege, o novo branco, a cor que continua com tudo, use sem moderação. Combine diversos tons de cinza com preto, branco e cores mais vivas, como amarelo erosa.

apartamento lindo15

3. Um belo tapete é fundamental, indispensável, aposte nisso: Para deixar o ambiente mais estiloso, escolha os listrados ou com estampas geométricas.

4. Ouse um pouco mais nos objetos de decoração: Invente, crie, exponha a tua personalidade e as coisas que você gosta na decoração da casa. Gosta de moda? Use seus acessórios como peça decorativa de sua também! Gosta de ler? Então repara só nesta criativa ideia…

apartamento lindo2

apartamento lindo3

A combinação do preto + branco + dourado nas molduras deixou a parede toda estilosa. Gosta?

apartamento lindo1

5. Misture peças e móveis clássicos com outros mais moderninhos: Siga a sua intuição e bom senso! Sem mais.

apartamento lindo8

apartamento lindo17

apartamento lindo6

apartamento lindo7

6. Capriche em cada pequeno detalhe: No cantinho destinado ao Home office, até a tesoura pode e deve brilhar, rs! Como não se apaixonar?

apartamento lindo18

7.  Na decoração do quarto, a cama é a estrela: Escolha uma cabeceira de cama poderosa.

apartamento lindo12

apartamento lindo19

8. Otimize os espaços com charme e boas ideias: Agora eu vou te provar que realmente você não precisa de muito espaço para ter aquele tão sonhado cantinho da beleza. Espia…

apartamento lindo20

apartamento lindo13

9. Use pratinhos para expor e organizar: As jóias, bijus e demais acessórios podem ser distribuídos em bandejas de acrílico, potes e caixinhas. Pequenos detalhes que já vão deixar o seu “espaço da beleza” charmoso e arrumadíssimo.

apartamento lindo23

10. Para uma  decoração estilosa e glamourosa, dê uma pincelada de dourado aqui, outra ali: Pinte um móvel pequeno, pode ser uma cadeira, uma mesinha lateral ou até mesmo a moldura de um espelho. Só isso já vai dar um toque de estilo na decoração, pode confiar!

apartamento lindo21

Dica Casanova: Pinte e reforme outros móveis, reaproveite o que você já tem. Por incrível que pareça, umas camadinhas de tinta, um puxador novo, uns adesivos etc, já  fazem verdadeiros milagres. Repare bem na transformação incrível desta cozinha…

apartamento lindo9

A estante, as prateleiras, os objetos, tudo perfeito e cheio de estilo. Que tal?

apartamento lindo10

apartamento lindo11

 

Gostou da decoração estilosa deste charmoso apê? Me conta, vai…

7 passos para manter a cozinha organizada

cozinha

O mês de janeiro é a época certa para investir na organização da casa – principalmente se ela for uma das suas resoluções para 2016. Com dicas simples, que costumo aplicar em consultorias para clientes Casanova, você vai conseguir deixar tudo em seu devido lugar por muito mais tempo.

1. Mantenha somente o necessário

Casa Cor SP 2015 por Roberto Migotto

Deixe na cozinha apenas o que realmente é utilizado. Quanto menos coisas, menor a possibilidade de ficar bagunçado. Dê uma atenção especial aos potes plásticos (as tampas vivem se perdendo!) e não acumule mantimentos (afinal, eles têm data de validade). Também é importante liberar os cantinhos de difícil acesso: a localização escolhida para os itens deve ser de boa visualização, pois costumamos esquecer das coisas que não vemos facilmente. Na despensa e na geladeira, por exemplo, a maior parte do desperdício ocorre porque não enxergamos tudo. Ter as coisas sempre à mão é prático! 😉

2. Repare no que você usa mais

Projeto da designer de interiores carioca Ana Teresa Bello

Depois de definir o que é realmente necessário, separe os itens mais utilizados daqueles somente tirados dos armários e prateleiras poucas vezes no ano. A louça do dia a dia, por exemplo, precisa ser armazenada numa altura confortável. Já os objetos usados com menor frequência podem ser deixados nas partes mais altas dos armários.

3. Escolha o seu método de organização

03-dicas-para-organizar-a-cozinha-e-nunca-mais-baguncar

Na hora de arrumar a cozinha, você pode optar por dois tipos de organização: por peças (copos com copos, pratos com pratos e assim por diante), ou por uso – ou seja, os copos e pratos que são mais usados acabam dividindo um mesmo espaço. Para saber qual combina mais com o seu estilo de vida, faça o teste, o que você sentir mais confortável, adote para a sua vida.

4. Aposte em cestos e gavetas

04-dicas-para-organizar-a-cozinha-e-nunca-mais-baguncar

Cestos e gavetas são boas opções quando se trata de objetos menores. Gavetas baixas podem abrigar roupa de mesa, talheres, acessórios para cozinhar e servir, além de peças para bebidas e jogos americanos. Deve-se evitar o uso de gavetões profundos para itens miúdos e também para os pesados ou delicados, como travessas, copos, pratos e taças. Pequenos, mas numerosos, os temperos podem causar acúmulo. Para evitar, coloque-os em um rack, bandeja ou cesto. Além de facilitar no momento do uso, este truque deixa sua cozinha muito charmosa. Você pode utilizar divisórias plásticas e organizadores de talheres.

5. Fique atento para a ordem dentro dos armários

Casa Cor SP 2015 por Dado Castello Branco
Muitos objetos ficam bem organizados tanto em armários quanto em gavetas, entre eles panelas e potes plásticos. Porém, pratos, copos, taças e travessas ficam melhor acomodados em prateleiras. Para melhor aproveitar o espaço, empilhe os pratos em número não maior que 16, para não trincarem. Faça pilhas diferentes para pratos rasos e fundos. Empilhe também as tigelas – no máximo três por vez. Copos ficam de cabeça para baixo e, as canecas, presas pela asa em ganchos fixados debaixo das prateleiras. Frigideiras, formas, travessas e bandejas são melhor armazenadas em divisórias verticais, que podem ser instaladas no armário, assim, fica mais fácil retirá-las. Empilhe as panelas e enfileire suas tampas em uma caixa plástica, da maior para a menor, completa.

 

6. Invista em prateleiras, carrinhos e ganchos

Projeto do designer de interiores Marcel Steiner

Organizar a cozinha quando o espaço é limitado pode ser desafiador. Para driblar a metragem, opte por alternativas como ganchos, arames, carrinhos de apoio, e móveis multiuso. Eles são perfeitos para aumentar as áreas onde iremos guardar os itens, só devemos ficar de olho para que eles não atrapalhem na circulação da cozinha. Se você gosta de cozinhar e não gosta de procurar os utensílios na gaveta, por exemplo, o ideal é usar ganchos ou potes sem tampa para organizar os acessórios de cozinhar. Ganchos para xícaras e diversos tipos de aramados também ajudam muito a otimizar o espaço.

7. Arranje espaço para o material de limpeza

Projeto de Teuba Arquitetura e Urbanismo

Por último, o material de limpeza deve ter seu local específico, longe dos alimentos. Ele deve ir para um cesto plástico sem tampa. Só traga o cesto para cima da bancada quando precisar usar. Outra opção é instalar ganchos no interior das portas dos armários e pendurar cestos ou pequenas prateleiras metálicas ali.

Gostou?! Agora é só arregaçar as mangas,escolher uma playlist super animada e correr pra cozinha!